Como funciona uma assessoria de imprensa?

Você tem noção do que é uma assessoria de imprensa, sabe que precisa de uma para estar em contato com a mídia, mas não entende como funciona o processo de trabalho, quer serviços estão incluídos, como é feito o pagamento? A seguir, eu tiro todas as suas dúvidas a respeito deste assunto!

 

Se você já ouviu falar sobre assessoria de imprensa, mas não tem ideia de como realmente funciona este trabalho, fique tranquilo. Nove entre dez empreendedores que chegam até mim para conversar sobre este serviço apresentam a mesma dúvida. Isso acontece porque se trata de um trabalho diferente, que possui técnicas e termos próprios do seu mercado.

Em linhas gerais, a assessoria é a ponte entre uma empresa e a imprensa, mas está longe de ser um trabalho passivo. O papel de uma assessoria de imprensa é exatamente criar estratégias e promover ações para que seu cliente se torne relevante para a mídia e ganhe espaço em matérias de impressos, televisão, rádio, internet, etc.

Importante ressaltar que esses espaços são gratuitos, também chamados de mídia espontânea. “Então quer dizer que um jornal vai lá e fala sobre uma pessoa ou uma empresa sem ela ter que pagar nada? Mas a troco de quê?”, muitos questionam. Exatamente, as pessoas citadas nas reportagens não pagaram nada para estar lá. A moeda de troca neste caso é a relevância da informação, uma pessoa ou empresa está naquela matéria concedendo uma entrevista porque seu conteúdo técnico ou sua história são relevantes para os leitores daquele veículo.

ProcessedeTrabalho_AssessoriadeImprensa

O ciclo é o seguinte:

  • A assessoria de imprensa analisa o cliente e transforma suas ações em informações úteis para os meios de comunicação;
  • Depois, ela desenvolve ações de relacionamento e oferece conteúdo com abordagens exclusivas de acordo com o perfil do veículo que se quer atingir;
  • Este veículo, caso se interesse pelo conteúdo, irá desenvolver uma entrevista e uma reportagem conforme suas próprias necessidades, e irá publicar / veicular para sua audiência;
  • Os resultados, intitulados mídia espontânea, aqui na Sigma Six chamamos de mídia provocada, pois é um trabalho ativo feito para atrair a atenção e conquistar a imprensa para um determinado assunto;
  • Dessa forma, começa a se estabelecer um vínculo de confiança entre a imprensa e o cliente, e ele passa a ser fonte constante daquele jornalista e do veículo como um todo.

 

Por que não se paga para o veículo de imprensa?

Porque o jornalismo tem como característica ser independente, e não pode ser totalmente atrelado ao comercial. Senão, perde a credibilidade das informações que publica.

Acontecem alguns casos de matérias pagas, sim, mas geralmente elas saem em formato diferente e sinalizadas como “Informe publicitário”. Também é verdade que muitos veículos não são totalmente independentes e dão preferência para seus anunciantes, mas principalmente se tratando da grande mídia, o jornalismo tende a ser desconectado do departamento comercial.

 

Escritorio_Comunicação_mídia

 

O que se paga é para a assessoria de imprensa, geralmente um valor fixo mensal independente de quantidade de resultados que gerar. O valor depende muito da especialidade da empresa, tamanho, reconhecimento, tipo de trabalho, porte da empresa que está sendo atendida, tamanho da equipe necessária para atendimento, se precisa de um assessor dentro da empresa, exclusivo. Existem tanto empresas que cobram um fee mensal de R$ 2 mil quanto que cobram R$ 70 mil ou mais. Para escolher, você vai avaliar o seu poder de investimento e o que a empresa pode realmente te oferecer em termos de resultados.

 

O que mais uma assessoria de imprensa pode fazer?

– Clipping (captação dos resultados de mídia);

– Comunicação interna de empresas;

– Contatos com influenciadores (formadores de opinião além da imprensa);

– Gerenciamento de crises;

– Gerenciamento de imagem e reputação;

– Produção de conteúdo;

– Produção audiovisual;

– Eventos e ações de relacionamento com stakeholders.

 

Nem todas as empresas oferecem esta gama de serviços e geralmente cada um deles é cobrado à parte, mas estes são alguns exemplos de ações que já vi serem realizadas por assessorias de imprensa.

 

PS: Agora que você já sabe o básico, te convido a baixar gratuitamente o meu e-book “Assessoria de Imprensa sem Mistérios: como conseguir exposição na mídia e utilizar este poder para criar uma imagem positiva e transformar a realidade de muito mais pessoas”.

http://bit.ly/vocenamidia

http://bit.ly/vocenamidia