7 segredos para escrever um release impactante

Release impactante: conheça sete pontos a serem considerados tanto por assessores de imprensa quanto empreendedores que fazem sua própria assessoria

 

Um dos artigos mais visitados deste blog é o texto “Como escrever um release”. Por isso, decidi ajudar ainda mais a todos que desejam escrever um verdadeiro release impactante.

 

Para aproveitar ainda mais este texto, confira também:

 

1-Inclua números sempre que possível

O uso de números em um release é importante não apenas para reforçar a autoridade, mas também para deixar a informação mais clara e precisa – valores importantes no jornalismo. Desta forma, informações como “dobrou o faturamento” se tornam ainda melhores quando são ditas da seguinte forma: “aumentou o faturamento em 102%”. Estas informações se fortalecem ao serem complementadas com valores, como: “superando a marca de R$ 2 milhões”. O grande trunfo do uso de números em releases é valorizar os mais importantes já no título ou na linha fina. Procure sempre deixar bem alinhado qual informação vai ajudar no planejamento da empresa: se o objetivo é valorizá-la como um negócio, por exemplo, vale mais a pena destacar o faturamento, em vez do crescimento nas redes sociais.

 

2- “Dilua” as informações

Em um release impactante, geralmente são dadas muitas informações. É importante que elas não venham todas de uma vez, mas que sejam apresentadas de forma clara e paulatina. Confira um exemplo:

 

Segundo Wallace, a Epigenética é uma área da ciência que mostra como as crenças influenciam a biologia. “Ela comprova que mudanças nos padrões mentais podem alterar a saúde do corpo, já que hoje em dia sabe-se que a qualidade dos alimentos, sentimentos e pensamentos influencia diretamente na forma como os genes se expressam, fazendo com que os pensamentos positivos e os hábitos saudáveis possibilitem que uma pessoa mude até mesmo a maneira como os genes se expressam, por meio de uma química liberada na corrente sanguínea”, explica.

 

Este trecho pode ser mais diluído, da seguinte forma:

Segundo Wallace, os estudos da Epigenética, uma área da ciência que mostra como as crenças influenciam a nossa biologia, comprovam que mudanças nos padrões mentais podem alterar a saúde do corpo. “Antes, acreditava-se que as pessoas repetiam 100% dos padrões genéticos vindos dos pais. Hoje, sabe-se que a qualidade dos alimentos, sentimentos e pensamentos influencia diretamente na forma como os genes se expressam”, explica. Desta forma, por meio da química liberada na corrente sanguínea, e que foi desencadeada a partir do cérebro, os pensamentos positivos e os hábitos saudáveis possibilitam que uma pessoa mude até mesmo a maneira como os genes se expressam.

 

como-escrever-release-impactante-03

 

3- Valorize as aspas

Como é possível ver no item 2, as falas da fonte que oferece informações no release devem ser bem alternadas entre o que diz o “narrador” do texto. É importante deixar sempre claro que tudo o que é dito no texto vem do especialista, empresário ou representante. Assim, procure sempre alternar as informações. Ao entrecortar uma sequência de informações com falas e frases que completam as informações, o texto ganha uma fluidez importante, e deixa na fala do porta-voz apenas aquilo que precisa ser enfatizado. Confira o exemplo:

 

“Com o Q48, buscamos quebrar o paradigma de que é preciso dedicar horas aos exercícios e fazer dietas malucas para perder peso. Esta metodologia de treino promove o aumento do nível de intensidade da atividade, o que aciona mecanismos naturais que fazem com que o organismo utilize a gordura acumulada como fonte de energia por cerca de 48 horas após o treino”, explica Possebon.

 

“Com o Q48, buscamos quebrar o paradigma de que é preciso dedicar horas aos exercícios e fazer dietas malucas para perder peso”, explica o preparador físico, que destaca que a metodologia de treino promove o aumento do nível de intensidade da atividade. “Essa intensidade maior aciona mecanismos naturais que fazem com que o organismo utilize a gordura acumulada como fonte de energia por cerca de 48 horas após o treino”, completa.

 

4- Evite o ‘tecniquês’

Um release impactante precisa ser claro a um público muito amplo. Por isso, é importante evitar o uso de palavras técnicas – ou explicá-las muito bem, mesmo quando se divulga apenas à imprensa especializada. A linguagem deve ser simples – e nunca simplória – para que mais pessoas sejam impactadas pela mensagem. Muitas vezes, vale mais a pena tratar do “beabá” de um tema com clareza, do que falar de algo muito complexo para poucos.

 

5- Combine a linguagem com o tema e a sua voz (ou do seu cliente)

Imagine um texto pesado e sério que fale sobre beleza e maquiagem. Agora imagine um empresário tradicional falando de maneira bem-humorada sobre como está enfrentando a crise. Com certeza os estilos precisariam trocados! É preciso conhecer bem os veículos que vão publicar o release, e escrevê-lo no tom que a temática pede. Se a sua área é de fitness, beleza ou bem-estar, o texto pode ser leve e contar com pequenas brincadeiras; mas se o objetivo é falar de negócios, é possível que não haja espaço para falas leves. Use o bom senso!

Como escrever um release impactante

 

6- Seja coerente

Dependendo do tema abordado, é necessário se preocupar com a coerência do texto. Se o seu negócio é contrário a algum posicionamento, talvez seja melhor não citá-lo em nenhum momento. Se a teoria de saúde que você segue não considera algum preceito médico, evite as palavras necessárias para não cair em contradição. Para dar um exemplo mais claro, cito um profissional que utiliza os parâmetros da Programação Neurolinguística (PNL): seu discurso jamais poderá contar com ordens ou conselhos na negativa, já que a técnica pressupõe que este tipo de texto deve ser indeferido.

 

7- Divida o texto

Um release impactante, a princípio, não deve ser muito longo. Mais de mil palavras já configurariam um texto muito longo, ainda que releases institucionais possam exigir essa extensão. Mesmo assim, deve-se priorizar uma leitura mais agradável ao jornalista, e isso pode ser feito de duas formas: com o uso de intertítulos ou de listas. A partir de quatro parágrafos, um texto já pode contar com um segundo título, que leva a uma outra parte do texto, e as listas, que separam as ideias em tópicos, também costumam ser bem-vindas!

como-escrever-release-impactante-02