3 maiores medos do empreendedor (e como superar cada um deles)

Os medos são inerentes ao ser humano. Desde que começamos a aprender mais sobre o mundo, ainda lá na infância, entendemos que precisamos nos proteger dos perigos e começamos a reagir de forma automática às situações da vida.

Não existe nenhum grande problema em ter medos: eles nos protegem, nos fazem ter mais cautela, analisar melhor os fatos, ficar mais atentos. O problema é que boa parte dos nossos medos não fazem sentido na vida adulta. Mas nem por isso conseguimos nos livrar dele.

Às vezes, o medo é tanto que te paralisa. Você não sabe de onde ele vem, mas a verdade é que você se sente completamente acuado e inventa mil desculpas para não fazer as coisas que precisa… no fundo, no fundo, você sabe bem… é só medo. Mas cria argumentos para que ele faça sentido e justifique sua falta de ação.

Eu notei também que certos grupos de pessoas possuem medos comuns. Os empreendedores e influenciadores, por exemplo, frequentemente me relatam medos semelhantes. E é sobre eles que eu quero falar para vocês neste artigo de hoje. Eu selecionei os 5 principais que podem estar afetando sua vida e sua trajetória para o sucesso.

Aprenda um pouco mais sobre eles, entenda como lidar e conquiste a vida que você merece!

Eu fracasso, tu fracassas, ele…

3 maiores medos do empreendedor (e como superar cada um deles) 3 MAIORES MEDOS DO EMPREENDEDOR (E COMO SUPERAR CADA UM DELES)

medo do fracasso é um grande vilão na trajetória da vida de quem quer empreender. Você está lá, cheio de sonhos que já se transformaram em projetos e se subdividiram em metas de curto, médio e longo prazos, mas na hora de fazer, você paralisa.

Neste momento, você pode justificar seu medo com a procrastinação, vai deixando tudo pra depois, sempre depois, nunca agora. Você diz que não tem tempo, que até quer colocar o projeto pra rodar, mas como vai fazer isso sozinho? E dá um jeito de enfiar mil prioridades antes dessa, usando como argumento de que as coisas mudaram e você vai precisar adiar.

Ou então, começa a apelar para o perfeccionismo. Ainda não está bom o suficiente, planejado o suficiente, testado o suficiente para ir para o ar. Nunca estará.

Se você já se pegou dizendo essas coisas para você mesmo, provavelmente quem estava agindo na situação era seu medo do fracasso. Ele nos impede de colocar nossas ideias em prática. E mais: faz com que a gente já as derrube e considere um fracasso antes mesmo de serem testadas, porque “vai que não dá certo”. E aí a gente já faz dar errado antes tentar.

Daí surgem os boicotes. Aquelas atitudes que você tem que te derrubam, que você sabe que são prejudiciais mas não consegue modificar. Elas servem para te proteger da dor que terá se, por acaso, fracassar. Faz seu sonho morrer na praia.

Eu costumo dizer que boa parte dos projetos que mudariam o mundo nem chegam a existir porque as pessoas não sabem lidar com a possibilidade de fracasso. Se mortificam só de pensar e, por isso, não vão para a ação. Uma pena.

Como lidar com o medo do fracasso

3 maiores medos do empreendedor (e como superar cada um deles) 3 MAIORES MEDOS DO EMPREENDEDOR (E COMO SUPERAR CADA UM DELES)

Primeiro passo: reconheça o medo. Você lida muito melhor quando reconhece o que está sentindo, quando dá um nome para seus emoções. Diga “eu estou dando esse monte de desculpas porque, no fundo, estou com medo de fracassar”. Principalmente, acolha este medo.

A coach Paula Abreu sempre diz: “tudo o que você resiste, persiste”. Ao invés de ficar brigando com o que você sente, acolha, reconheça e coloque ao seu lado. Atenção aqui: não na sua frente, te impedindo de caminhar, mas ao seu lado. “Vamos juntos”.

Use esse seu medo do fracasso para aprimorar o seu trabalho. Peça ajuda para pessoas que entendem do seu mercado avaliarem o seu projeto, pois quando elas apontarem os pontos positivos, isso vai te dar mais segurança para começar.

Em seguida, desista de melhorar. É isso mesmo o que você leu: desista! Se mil vezes você olhar para os seus projetos, mil vezes terá insights de como torná-lo melhor. Mas é preciso reconhecer o momento de parar de aprimorar e ir para a prática. Utilize como mantra a frase muito conhecida no mundo do empreendedorismo: “feito é melhor que perfeito”, e siga em frente, confiante de que fez o seu melhor até aqui.

Defina prazos e comprometa-se com eles, se possível publicamente. Se você disse que em 15 dias colocaria a primeira fase do projeto no ar, faça, coloque no ar do jeito que for. Uma das maneiras mais eficientes de fazer dar certo é informar mais pessoas para te cobrarem daquele prazo, ou tornar público que em uma data determinada seu novo projeto estará no ar.

Faça o exercício do fracasso. Pare agora e pense: qual é a pior coisa que poderia acontecer caso esse projeto não desse certo? Pense no pior cenário possível: Você, de repente, está sem dinheiro, sem prestígio, tendo perdido tempo. Anote tudo. Agora responda: esse cenário é tão assustador assim? É tão diferente do que você vive hoje? Você já passou por algo semelhante e conseguiu dar a volta por cima? O que você poderia fazer caso tudo desse errado? Com certeza, só com a experiência do projeto você já terá evoluído muito mais do que quando começou.

 

Não sou exposição

3 maiores medos do empreendedor (e como superar cada um deles) 3 MAIORES MEDOS DO EMPREENDEDOR (E COMO SUPERAR CADA UM DELES)

medo de se expor é outro grande problema que percebo que os empresários enfrentam. Hoje na era das redes sociais, você já deve saber o quanto é importante que as pessoas dêem a cara pelo seu negócio. E isso tem feito muita gente fracassar por não conseguir acompanhar essa tendência.

Isso faz com que pessoas com conteúdo e ideias incríveis não coloquem esse conhecimento para fora, ajudando as pessoas e o mundo a melhorarem.

É esse medo que faz com que você queira se manter low profile, escondido atrás de uma marca, um cargo, um produto ou qualquer outra coisa.

Aqui você começa a dizer pra você mesmo: “quem vai se interessar pelo que eu falo? Não sou bonito o suficiente, não tenho o padrão das pessoas que aparecem na mídia, minha história não é relevante, tenho vergonha, não sei falar em público, não tenho experiência, habilidade, equipamento, não sei falar em público, minha vida nem é tão interessante assim”.

E, quando você se permite parecer em uma foto ou gravar um vídeo, não deixa ir para o ar. Você não consegue lidar com aquilo, aceitar a sua imagem, o seu jeito de falar, nada está bom. Sente um desconforto imenso.

Daqui, surgem outros medos. E se as pessoas me criticarem? E se eu for me apresentar para aquela pessoa e for maltratado, rejeitado, ignorado? Como vou saber lidar com os haters?

Aqui, você também começa a se comparar com os outros: “não sou tão bonita quanto, não falo tão bem quanto, minhas imagens não ficam tão boas quanto, minha edição não é tão maravilhosa quanto, minha palestra não está tão incrível quanto, não me visto tão bem quanto os outros”, e mais um monte de viagens que só servem para te fazer se sentir menor do que uma formiga diante das outras pessoas, sempre tão incríveis e bem sucedidas.

Antes de você dizer que não leva jeito, não nasceu para isso ou que não faz de forma tão natural quanto Sicrano ou Beltrano, pare. Pare de negar isso em você. Não é possível que um empreendedor ou influenciador, com tanto desejo de sucesso, acredita mesmo que não precisa aparecer.

Deixa eu te contar um segredo? A grande maioria dos empreendedores têm um ego bem nítido. Eles sabem que têm um potencial, são obstinados, acham que têm a melhor ideia do mundo nas mãos, têm opinião forte, são donos da sua verdade. E está tudo bem ser assim, faz parte do pacote que leva essas pessoas para o sucesso.

O problema é que culturalmente aprendemos que assumir isso não é legal. Então, nos boicotamos, alimentando pensamentos e ideias que só nos impediriam de ter a tal vida brilhante que sonhamos.

 

Como lidar com medo de se expor

3 maiores medos do empreendedor (e como superar cada um deles) 3 MAIORES MEDOS DO EMPREENDEDOR (E COMO SUPERAR CADA UM DELES)

Como no medo anterior: assuma, acolha e coloque esse medo do seu lado;

Eu gosto muito de um pensamento da Marianne Williamson(que muitos atribuem erroneamente ao Mandela), que diz:

“Nosso maior medo não é o de sermos incapazes.
Nosso maior medo é descobrir que somos muito mais poderosos do que pensamos.
É nossa luz e não nossas trevas, aquilo que mais nos assusta.
Vivemos nos perguntando: quem sou eu, que me julgo tão insignificante, para aceitar o desafio de ser brilhante, sedutora, talentosa, fabulosa?
Na verdade, por que não?
Procurar ser medíocre não vai ajudar em nada o mundo ou os nossos filhos.
Não existe nenhum mérito em diminuir nossos talentos, apenas para que os outros não se sintam inseguros ao nosso lado.
Nascemos para manifestar a glória de Deus – que está em todos, e não apenas em alguns eleitos. Quando tentamos mostrar esta glória, inconscientemente damos permissão para que nossos amigos possam também manifestá-la.
Quanto mais livres formos, mais livres tornamos aqueles que nos cercam”.

 

Reflita sobre isso e, por favor, assuma que você é brilhante. Que você pode e deve aparecer e tem ideias incríveis para contribuir com o mundo. Pare de se esconder atrás dos seus medos e objeções e mostre a que veio!

Não veja pela segunda vez. Assim que gravar um vídeo, por exemplo, não assista antes de ir para o ar. Acredite: você não vai achar que está bom o suficiente, pelo menos não agora. E isso vai te impedir de colocar os projetos no ar. Deixe fluir. Pare de impedir a sua imagem de se tornar pública.

Comece agora. Chega de esperar algo acontecer para começar a se expor. Faça um post, se apresente para as pessoas, grave um vídeo, fale mais sobre você, se promova, promova seus produtos. Entenda que você é igual a todos os outros e que o que você tem a oferecer pode ajudar as pessoas.

Coloque o outro à frente de tudo. Se você é um empreendedor ou influenciador, deve ter um objetivo maior, algo que você quer deixar para o mundo, uma nova forma de viver, de enxergar, de agir, de conviver. Seja lá o que for, pense na transformação que você pretende causar com o seu trabalho e coloque o outro à frente de tudo.

Ao invés de se centrar em você, “no que vão pensar”, se você está bonito o suficiente ou falando bem, pense no outro. Você não é o mais importante nessa relação. E enquanto você não se expõe porque fica pensando em você, tem um mundo de gente precisando do que você faz, esperando você ter a iniciativa. Comece agora.

 

Mas sou tão pequeno…

3 maiores medos do empreendedor (e como superar cada um deles) 3 MAIORES MEDOS DO EMPREENDEDOR (E COMO SUPERAR CADA UM DELES)

medo de ser menor, de ser comparado, paira entre os empreendedores e influenciadores. Você inicia seu projeto, mas logo começa a se comparar a tudo e a todos exatamente para se derrubar. Não consegue comemorar seus pequenos avanços porque, afinal, nem o melhor que você faz pode ser considerado bom em comparação ao líder do seu mercado ou aos seus concorrentes.

Você começa a se menosprezar e a ansiedade toma conta de você cada vez que você se depara com alguém colocando uma nova ideia em prática, fazendo mais e melhor. Parece que o mundo todo dá conta, só você que não. Você não tem a mesma boa vontade, a mesma inteligência, aptidão, conhecimento, equipe, oportunidades, dinheiro. Já sabe que não é desculpa, mas é um fato: você não tem condições de fazer melhor agora.

Toda essa linha de pensamentos te derruba, tira completamente a sua motivação e você acaba parando ações no meio do caminho. “Não estava dando certo, não ia dar em nada mesmo…”. E quando alguém te dá uma ideia ousada, você logo responde: “isso é para os grandes, ainda sou muito pequeno, não tenho como fazer”.

Aqui você se sente um coitado sem oportunidades.  Vítima da falta de recursos ou da sua crença sobre sua incapacidade. Com o tempo, perde o entusiasmo pelos projetos e já quer mudar de ideia, começar algo novo, algo que te dê mais ânimo e motivação, um local onde você possa, finalmente, brilhar. E recomeça, tudo de novo…. em um ciclo sem fim.

Como lidar com medo de ser menor e ser comparado

3 maiores medos do empreendedor (e como superar cada um deles) 3 MAIORES MEDOS DO EMPREENDEDOR (E COMO SUPERAR CADA UM DELES)

Vamos assumir que você tem problemas de autoestima?

A maioria das pessoas sofre com esse tipo de insegurança porque ainda não aprendeu o seu próprio valor ou só o percebe diante do olhar dos outros ou da quantidade de conquistas que consegue acumular.

Você é desse tipo? Atrela a sua autoestima às suas conquistas e não a quem você realmente é? Então fica volúvel: se consegue sucesso, você se acha incrível; se não consegue, se sente imprestável. Trabalhe a sua autoestima e autoconfiança. Seu valor está em quem você é e não na capacidade de medalhas que consegue acumular.

O problema de quando você cai nesse ciclo é que você não consegue enxergar nada do que faz de bom. Tá legal, você se sente inseguro, ainda não está com a autoestima bem trabalhada, mas pode fazer algo por você agora mesmo: pare de boicotar suas conquistas. Comece a exercitar a gratidão. Todos os dias, escreva três coisas que aconteceram no dia anterior pelas quais você é grato. Não vale repetir e podem ser coisas simples. Assim, você mantém um diário das suas pequenas conquistas diárias e pode reler quando quiser alimentar sua confiança.

Pare agora de olhar para fora. Pesquisar sobre as pessoas para se inspirar é incrível, mas se isso está servindo apenas para te deixar para baixo, pare agora. Diminua sua rotina nas redes sociais acompanhando os tops do mercado e se concentre nas suas metas. Muitas vezes, quando estamos em uma fase emocional delicada, buscar modelos só vai servir para nos compararmos e menosprezar nossas qualidades. É hora de olhar para dentro e alimentar o melhor em você. Se ocupar demais com o externo apenas nos afasta das nossas realizações.

Torne-se seu fã número um! Eu quero que você pense agora em todas as coisas negativas que você fala para você. Aliás, anote as frases exatas que surgem na sua cabeça. Esses dias, minha coach Ana Gabriela Widmanski me disse o seguinte: “nem seu pior hater diria as coisas que você mesmo se diz. Nós somos nosso pior hater”. Agora que você já sabe o tipo de pensamento que está alimentando, decida parar de dar ouvido às negatividades e crie uma lista de coisas incríveis, de pontos fortes que você sabe que tem e comece a alimentá-los. Deixe o negativismo morrer de fome e comece agora a engordar a sua conta emocional positiva. Em cada momento, comemore suas pequenas conquistas. Yes, consegui! Terminei! Dei mais um passo! Elimine comparações e vire seu principal torcedor e você vai ser resultados incríveis na sua vida.

 

Tudo gira em torno

3 maiores medos do empreendedor (e como superar cada um deles) 3 MAIORES MEDOS DO EMPREENDEDOR (E COMO SUPERAR CADA UM DELES)

Por que eu decidi falar de medos por aqui? O que o medo do fracasso, de se expor, de ser comparado e de ser menor têm em comum? Perceba que o medo é uma fantasia que você cria a respeito de você. No medo, nada acontece de fato, você só cria um monte de sentimentos que fazem você ficar “viajando na maionese”, mas que te impedem de agir no mundo real. Que louco isso, né?

 

Tudo isso tem a ver principalmente com imagem. Com a imagem que você tem de si mesmo e como você acha que os outros te enxergam. O cerne de boa parte das coisas que te travam está em um problema de autoimagem. Sempre que você pensar algo sobre você ou quiser supor a opinião dos outros sobre algo que você faz, eu te convido a olhar a situação de fora e pensar criticamente:

  • Isso é verdade?
  • Que fatos reais comprovam que isso é verdade?
  • Como eu sei que as pessoas vão realmente pensar isso de mim?
  • Será que os outros estão me julgando da mesma forma que eu me julgo?
  • Isso não é mesmo lima fantasia da minha cabeça?

 

Questione-se. Duvide dos seus auto julgamentos. Entenda que você vive um processo de autocrítica muito grande e que a maior parte dos seus medos criam filmes na sua cabeça que jamais chegarão a acontecer. Saia das situações de medo e olhe de cima, como um telespectador assistindo a você e aos seus pensamentos, e deixe sua consciência te conduzir!

3 maiores medos do empreendedor (e como superar cada um deles) 3 MAIORES MEDOS DO EMPREENDEDOR (E COMO SUPERAR CADA UM DELES)

 

Leia também: PARABÉNS, VOCÊ É UM PATINHO FEIO!

 

 

Conheça o Guia 7 Chaves para ser Reconhecido