Ninguém mais vê TV? Guia completo da audiência e do potencial de alcance da televisão, rádio e jornal

Você não assiste televisão? Não ouve rádio? Não lê jornal impresso? Você não é todo mundo: saiba quantas pessoas você pode alcançar se estiver nestas mídias

 

Em diversos ambientes que frequento, tenho escutado comentários e mais comentários sobre o fato de que “as pessoas não assistem TV” ou “ninguém mais lê jornal”. Isso é um mito criado por pessoas cujos grupos não possuem estas práticas, e parece se destacar bastante entre os que trabalham com o mercado digital. Eu entendo que o mercado digital é um mundo à parte, mas não podemos deixar que ele seja tudo o que há no mundo.

 

Portanto, é necessário desconstruir estes mitos.

 

Para provar que existe muita gente que consome as mídias TV, rádio e jornal, decidi colocar abaixo alguns dados e cálculos importantes para compreender como está o hábito dos brasileiros. Para fazer os cálculos, vou considerar a população brasileira como sendo de 200 milhões de pessoas (mesmo sabendo que este número está um pouco maior).

 

Assistir-TV-dados-Nathana-Lacerda

Quantos brasileiros assistem TV?

A TV aberta continua como o meio de comunicação com maior penetração no Brasil e em toda a América Latina. 96% da população brasileira assistem à TV aberta, segundo o IBOPE, e 40% possuem TV por assinatura. Isso significa que 192 milhões de pessoas assistem às TVs gratuitas, e 80 milhões de brasileiros têm acesso aos canais a cabo.

 

Uma pesquisa de 2013 indica que cada telespectador passa, em média, 5 horas e 45 minutos por dia assistindo televisão.

 

No mês de abril de 2016, as 10 emissoras mais assistidas do Brasil foram Globo, Record, SBT, Band, Discovery Kids, Cartoon, RedeTV!, Globo News, Cultura e Fox. Os dados são baseados nas 15 principais regiões metropolitanas do país. Segundo estes dados do Ibope, a Globo foi assistida por 3,9 milhões de pessoas, seguida por 1,55 milhão que viram a Record e 1,54 milhão que assistiram ao SBT. Mas ATENÇÃO: estes valores se referem apenas às 15 maiores regiões metropolitanas do país!

 

Isso não significa que as emissoras menores devam ser menosprezadas! A TV Brasil, por exemplo, foi vista por 55.200 pessoas, e a TV Cultura, por 86.400 pessoas.

 

Quando se analisa os programas de TV mais assistidos, as novelas, os noticiários e os programas de auditório são os que mais conquistam o público. Para compreender melhor, confira uma lista de alguns programas e quantas pessoas assistem a eles, segundo o Ibope, nas 15 principais regiões metropolitanas (os dados são referentes a datas diferentes do mês de maio de 2016):

 

Bom Dia Brasil – 2,8 milhões

Mais Você – 2,1 milhões

Encontro com Fátima Bernardes – 1,9 milhão

Jornal Hoje – 2,7 milhões

Jornal Nacional – 6,8 milhões

Programa do Jô – 1,4 milhão

Fala Brasil – 1,8 milhão

Hoje em Dia – 1,4 milhão

Jornal da Record – 2,4 milhões

SBT Brasil – 1,1 milhão

Café com Jornal – 240 mil

Jornal da Band – 1,03 milhão

RedeTV News – 144 mil

Programa do Gugu – 2,7 milhões

Fantástico – 6,3 milhões

 

Ouvir-radio-dados-nathana-lacerda

Quantos brasileiros ouvem rádio?

Segundo o IBOPE, 89% dos brasileiros ouvem rádio, ou seja, são 178 milhões de pessoas. Segundo uma pesquisa do Kantar Ibope Media, 44% dos brasileiros ouvem esta mídia diariamente, o que significa 88 milhões de pessoas. Destes, 49% (43,12 milhões) preferem escutar notícias locais e 35% (30,8 milhões) dizem escutar notícias de trânsito.

 

O tempo médio que o brasileiro passa ouvindo rádio é de 2h25min, sendo que 42% dos ouvintes pertencem às classes A e B, e 27% escutam rádio quando estão no automóvel.

 

A medição de audiência das rádios brasileiras é mais difusa, especialmente porque são muitas emissoras e com alcance menor. No entanto, vale destacara as rádios mais ouvidas da grande São Paulo: Band FM, Nativa FM e Transcontinental FM. No ranking de 2015, as emissoras Gazeta FM, Jovem Pan FM e CBN ocupam a 8ª, 13ª e 15ª posição.

 

A man reads a newspaper by the wall.

Quantos brasileiros leem jornal?

Segundo a Pesquisa Brasileira de Mídia, realizada em 2014 pelo Governo Federal, 7% dos brasileiros (14 milhões) leem jornal diariamente, e 21% da população (42 milhões) lê jornal pelo menos uma vez por semana.

 

Apesar de ser um número menor em relação à TV e ao rádio, por exemplo, o jornal tem um alto índice de confiabilidade: 58% dos leitores confiam sempre ou muitas vezes no que leem nos jornais, diferente das redes sociais, sites e blogs, que possuem 27% de confiabilidade segundo esta mesma pesquisa.

 

De todos os leitores, apenas 10% migraram para as versões digitais em tablets e smartphones, e a grande maioria permanece fiel ao jornal impresso.

 

Segundo a ANJ – Associação Nacional de Jornais – os maiores jornais do país em circulação, no ano de 2015, são os seguintes:

Super Notícia (MG) – 220 mil exemplares

O Globo (RJ) – 183 mil

Folha de São Paulo (SP) – 175 mil

O Estado de São Paulo (SP) – 149 mil

Zero Hora (RS) – 144 mil

 

Com todos estes valores, está mais do que provado que o jornal, rádio e televisão estão muito presentes na vida dos brasileiros!

 

 

 

banner-blog-ebook-nathana-lacerda-vocenamidia