5 pensamentos limitantes que destroem seu NETWORKING

Você sabe quais são os pensamentos limitantes que destroem qualquer networking?

São vários!

Estamos sempre lutando contra nossos maus pensamentos para chegar naquilo que esperamos ser o nosso sucesso. E eu diria que essa é uma das partes mais legais da vida: desafios, ventos contrários e dificuldades – pois são dessas situações que tiramos nossos maiores aprendizados.

Mas de nada adianta descobrir quais são esses desafios e dificuldades, e simplesmente aceitar e não fazer nada!

Para isso, eu resolvi compartilhar com você alguns pensamentos limitantes que podem te atrapalhar no momento do networking, e algumas sugestões de como lidar com eles!

 

Conheça os 5 pensamentos limitantes que podem destruir o seu networking

5 pensamentos limitantes que destroem seu networking

E decidi começar com um dos pontos mais difíceis, mesmo!

Muitas pessoas são introvertidas e não conseguem se conectar com os outros!

Mas uma reflexão que eu quero trazer para você – se você estiver nesse grupo de pessoas – é a seguinte: você tem tentado se conectar com as pessoas?

Quanto mais forem realizadas essas “tentativas de conexão”, mais você fica próximo de encontrar seu ponto forte em um networking.

 5 pensamentos limitantes que destroem seu networking

Outro pensamento limitante muito comum na hora do networking.

O “não saber o que falar” tira o sono de muitas pessoas que desejam fazer conexões, querem ampliar seus bons contatos, mas na hora de falar, não sai nada.

Para isso, ao invés de chegar falando sobre você, pergunte!

Pergunte coisas que sejam genuinamente interessantes daquela pessoa. Identifique em quais pontos da vida vocês se conectam, e fale sobre isso.

 

5 pensamentos limitantes que destroem seu networking

O sentimento de inferioridade é um dos grandes vilões na hora do networking. E, como um pensamento limitante, pode minar as possibilidades de alguém conseguir grandes conquistas.

Definitivamente “NÃO EXISTE O OUTRO LADO DO BALCÃO”. Esse é um ótimo conceito para quem sente essa questão do sentimento de inferioridade.

Quando fizer seu networking, entenda que o sucesso que essa pessoa conquistou na vida dela está ali para te inspirar, motivar e te dar novas visões de passos para seguir.

E por falar em passos para seguir, essas informações você só consegue absorver de uma forma mais rápida perguntando para esse alguém.

E quem é que não gosta de falar das coisas que conquistou? Falar de coisas boas? Coisas que inspiram? Que fazem outras pessoas terem sucesso também? Já parou para pensar que nós colocamos as pessoas em pedestais que elas não precisam ter?

 

5 pensamentos limitantes que destroem seu networking

Muito parecido com o exemplo anterior, a questão de “passar vergonha” está associada a duvidar de sí si mesmo na hora de se expor.

Mas posso falar a verdade?

Hoje as pessoas se conectam muito melhor com a autenticidade do outro!

Então, se a sua autenticidade te faz “passar vergonha”, pense bem sobre isso:

– Alinhe a forma de falar com o evento de que estiver participando;

– Alinhe sua linguagem de um jeito com que o outro possa ser receptivo;

– Permita-se abordar as pessoas de forma agradável e se interessando pela história dela;

Não tenha medo de se expor. Entenda que em uma conversa, seu empreendimento pode ganhar melhor visibilidade, oportunidades e parceiros.

 

5 pensamentos limitantes que destroem seu networking

É muito normal sentir-se assim quando precisamos fazer algo que saia da nossa zona de conforto.

Como empreendedores digitais, isso acontece sempre! Quase o tempo todo!

Mas, durante o evento em que precisa estar tranquilo na hora de se conectar com outras pessoas, algumas dicas podem ajudar a afastar esses pensamentos limitantes:

– Respire tranquilamente;

Mexa as articulações do corpo – essa atitude ajuda a liberar os hormônios endorfina, dopamina e serotonina no corpo, que são conhecidos como os hormônios da felicidade. Esse estado de tranquilidade ajuda a manter-se calmo na hora de se conectar com alguém;

(*Essa super dica eu aprendi com minha amiga Gi Isquierdo!)

Enxergue a outra pessoa como alguém que pode te ajudar! Seja para aprender algo novo, conhecer alguma técnica nova, conhecer um produto diferente, ou até mesmo ter uma companhia em um evento, trocar boas ideias, enfim, crie dentro de você uma motivação para chegar nessa pessoa que deixe de lado esse pensamento limitante.

– Acredite no que você tem a falar! Tenha o seu conteúdo e conhecimento como fortes aliados e que a outra pessoa precisa ter conhecimento também!

 

Então já sabe o que fazer na hora do networking, né?

Elimine os pensamentos limitantes e nunca subestime o grande poder do Networking!

Se você gostou, compartilhe com seus amigos influenciadores esse artigo!

Obrigada.