Funk do gás + Facebook = … já te falei, mas você esqueceu

Gente, o que foi aquele vídeo do Funk do gás que viralizou na internet?! Você viu?

Se ainda não assistiu ao vídeo do Funk do gás, dá uma olhada:

Nesse vídeo, a equipe da Ultragaz de Sorocaba resolveu usar o bom-humor e uma música que fez parte da vida de muitas pessoas nos anos 90 e simplesmente, viralizaram muito rápido na internet.

E falando em internet e redes sociais, hoje é aniversário da principal rede social do mundo, com mais de 1,5 bilhões de usuários cadastrados! Desde 04 de fevereiro de 2004, o Facebook tem se inovado e cada vez mais se tornando referência em ferramentas, experiências aos usuários e ideias que revolucionam a maneira de pensar de uma rede social.

 

Mas o que o Funk do gás e o Facebook tem a ver com você?

Bom, eu tenho gravado vídeos para te ajudar a se posicionar, a construir sua autoridade e a ser um influenciador digital que se preocupa com a reputação e que vai de encontro com seus objetivos e sonhos.

E já foram muitos vídeos e pode ser que um conhecimento aqui e outro ali tenham sido esquecidos, mas, com essa repercussão do Funk do gás e com o aniversário do Facebook, tive a ideia de resgatar algumas dessas informações que pode ser que você tenha se esquecido!

 

1 – AUTENTICIDADE: O que significa “ser você mesmo”?

Nesse vídeo eu falo sobre a necessidade e os benefícios de ser autêntico! Em ser fiel aos valores e a grande vantagem de não ser uma pessoa robotizada.

No caso da Ultragás, que simplesmente surpreendeu a todos com o seu vídeo viral, podemos observar a autenticidade em demonstrar o bom-humor de forma criativa.

E eles foram tão autênticos que não procuraram por dançarinos que pudessem dançar bonito ou coisa do tipo, foram os próprios funcionários que mesmo não dançando tão bem, acabaram se divertindo e nos divertindo também ao assistir!

Quer conquistar as pessoas e ampliar seu poder de influência? Então seja autêntico.

 

2 – PERSISTÊNCIA: Um erro que te faz desistir dos seus projetos

Tem quem diga que o Facebook sempre foi o que é hoje e não imagina que essa ferramenta inicialmente era limitada aos alunos de Harvard e aos poucos foi ganhando espaço em outras universidades dos EUA e foi se expandindo.

Era uma ideia tão pequena, que hoje faz parte da vida da maior parte das pessoas do mundo.

Nenhuma ideia surge do nada a ponto de faturar milhões e milhões de um dia para o outro.

E nesse outro vídeo que está disponível lá no meu canal, eu trago algumas reflexões das possíveis coisas que podem te fazer desistir dos seus objetivos, te afastando do seu sucesso.

E acredite, até mesmo o Facebook enfrentou dificuldades para chegar onde está!

 

3 – POSICIONAMENTO: Só mais um na prateleira

Funk do gás e aniversário do Facebook

O Funk do gás, acredite, surpreendeu muita gente!

Isso mostra que uma empresa voltada para o ramo de distribuição de gás também pode ser antenada, bem-humorada, presente e viva nas redes sociais e que pode ser muito próxima ao público, seja consumidor dos seus produtos ou não.

Assim, ser “um boneco sem graça”, que não sabe como se posicionar, que não valoriza as suas qualidades e vantagens, é nadar, nadar, nadar, e morrer na praia.

 

4 – AUTORIDADE: Dá pra construir autoridade sozinho?

E quem pensa em Facebook automaticamente pensa em Mark Zuckerberg.

Mark foi um dos criadores da maior rede social do mundo, mas não fez isso sozinho. Poucos se lembram da contribuição de seus amigos Dustin Moskovitz e Chris Hughes.

Mesmo que seja Mark a pessoa referência da rede social, é importante saber que ele não fez tudo sozinho para conquistar tudo que tem hoje.

Assista a esse meu vídeo e se lembre que não adianta ter medo de delegar, pedir ajuda e ter uma equipe. Tendo esses medos, o caminho para o sucesso fica cada vez mais longo!

 

5 – GERENCIAMENTO DE CRISE: Crise de imagem digital: resolva passo a passo

E se a empresa, em vez de ter sua música usada em um funk, tivesse sua marca ligada a um caso negativo, como preconceito ou desrespeito? Isso geraria uma crise de imagem e tanto!

A resposta para isso nós já conversamos: Gerenciamento de crise!

Então, se você ainda não assistiu meus vídeos sobre gerenciamento de crise, assista agora e não perca tempo!

É legal fazer essa sessão Flashback para resgatar alguns conhecimentos! Isso vale para tudo!

Hoje, somos expostos a muito conteúdo que muitas vezes se perde, isso é normal! Mas buscar relembrar o que é importante é fundamental para elevar o nível que você está agora.