O que a Pepsi e o Michael Jackson podem te ensinar sobre o poder da imagem

Você sabe o que a Pepsi e o Michael Jackson podem te ensinar sobre o poder da imagem? Neste vídeo, falo sobre uma lição do livro do Tony Robbins, “Desperte seu gigante interior”, que dá um exemplo incrível sobre influência, imagem e reputação. Vamos aprender com os gigantes?

 

O livro que estou lendo conta uma história sobre a Pepsi, quando ela estava enfrentando muito a sua principal concorrente, a Coca-Cola.

A Pepsi decidiu fazer uma ação um pouco diferente, e chamou o Michael Jackson para fazer um comercial. Ele só apareceu no comercial. Ele não pegou o produto, não tomou o produto, mas só sua imagem relacionada à Pepsi fez com que ela disparasse em vendas.

Por que este fenômeno acontece? Porque, como sabemos, tudo o que construímos a respeito de uma marca tem a ver com duas coisas: obter o prazer; e evitar a dor.

Toda decisão tomada é feita para uma destas coisas. Muito do que acontece para o sucesso de um produto ou marca está mais relacionado a como ele sente.

 

Como você pode transportar este conceito para você?

Se você quer uma divulgação e vai buscar se associar a influenciadores digitais, observe quais valores são associados a eles. Tome muito cuidado com as escolhas que você faz no processo de composição da sua imagem. Nunca faça isso de forma desproposital. Quem aparece ao seu lado vai fazer diferença ao público, pois a audiência vai associar as emoções sentidas por esta celebridade a você.