6 coisas sobre os jornalistas

Você quer entender melhor quem é o jornalista? Quais os anseios e necessidades deste profissional? Eu separei 6 pontos que eu considero mais importantes pra você saber.

 

 

Coisas sobre os jornalistas que você precisa saber:

1. O jornalista é multitarefas

Os jornalistas, em geral, são multitarefas. A vida deles é uma loucura. O jornalista tem que dar conta de muita coisa: fechar várias matérias, pesquisar, descobrir o personagem que viveu algo semelhante, entre muitas outras coisas. Portanto, se ele tiver que falar ao telefone enquanto fala com você, isso é normal.

2. Ele é observador

Um jornalista não vai fazer matéria só com a informação básica que você dá. Em uma entrevista presencial, ele vai te observar, e o resultado da matéria dele vai ser em função de outros especialistas, outras entrevistas, e pode ser sobre como você se comporta.

3. Ele é rápido

O jornalista é uma pessoa ágil. Assim, mesmo que ele queira falar sobre muitas coisas, e tenha te amado, ele pode querer só um complemento, e não tem tempo de falar sobre mais coisas que você pode falar. Portanto, é por isso que ele precisa muitas vezes ser rápido e fazer uma entrevista em pouco tempo. Ele tem prazo para fechar.

4. Ele quer mudar o mundo

É claro que este princípio é muito mais comum nos estudantes, e claro que este grande sonho pode ser reduzido em alguns deles. Mesmo assim, o jornalista é um idealista. É por isso que ele se conecta com produtos e mensagens que também são transformadores, e observa que o seu trabalho muda a vida das pessoas de alguma forma.

Spotlight_jornalismo

5. O jornalista está aberto a relacionamentos

Não é porque o jornalista tem uma rotina insana, que ele não tem como criar relacionamento com outras pessoas. O fato é que ele está aberto a coisas novas, a ter novos conteúdos e conhecer outras pessoas.

6. O jornalista não entende, necessariamente, o mercado de negócios digitais

O jornalista é uma pessoa especializada em transmitir a informação de especialistas e porta-vozes ao seu público. Ele consulta especialistas, por isso ele não conhece os termos técnicos, e é preciso adaptar esta linguagem para termos comuns. Uma das melhores formas de conquistar o jornalista é com uma didática forte, de forma que qualquer pessoa podem entender.