Essa é uma das piores gafes que você pode cometer ao dar uma entrevista

Um jornalista de um veículo importante entrou em contato com você, você está se preparando para dar aquela entrevista incrível, mas um erro simples pode colocar essa oportunidade a perder.

Sabe qual é?

 

Vou dar o exemplo de uma situação que acontece muito e eu quero que você fique atento e jamais faça isso.

Você finalmente conseguiu despertar o interesse de um veículo, o jornalista te ligou, o papo foi ótimo e no final da entrevista você pergunta: “Você manda pra mim a matéria antes de divulgar?”

 

Não! Pelo amor de Deus, não!

Essa é uma postura de alguém que não entende nada de imprensa. Aprenda de uma vez por todas: a partir do momento que você concedeu a informação para o jornalista, essa informação é dele, esquece! Você não tem poder para influenciar sobre nada porque isso soa como censura.

Aí me perguntam: “ah, mas como é que eu sei que ele não vai alterar nada do que eu falei? Primeiro, se você for uma fonte profissional e bem treinada, vai saber explicar exatamente a sua mensagem e se prevenir para que não aconteçam erros de interpretação.

 

Segundo: então quer dizer que o jornalista confia em você para ser a fonte dele, confia nas informações que você está passando, mas você não confia nele como uma pessoa capaz de transmitir a sua mensagem?

O sucesso na imprensa vem do relacionamento, você precisa ser uma fonte FODA pra ganhar a mídia, e cometer esse erro de pedir para ver a matéria antes acaba com qualquer chance que você teria.

Você não está seguro? A dica é: seja objetivo nas suas informações, não seja prolixo. Verifique se o jornalista entendeu realmente seu conteúdo, pergunte se ele tem alguma dúvida. Além disso, se coloque à disposição para complementar informações caso ele tenha alguma questão no meio da produção da matéria, deixe seu celular e seus contatos para o caso de alguma urgência.

 

Se o jornalista está realmente inseguro com o conteúdo, é raro, mas ele pode até sugerir para que você confira a matéria antes. Agora você fazer esse pedido: jamais!

 

banner-blog-ebook-nathana-lacerda-vocenamidia