Close

02/03/2018

7 atitudes fundamentais para o sucesso que aprendemos com Zica Assis

A empreendedora e criadora da marca Beleza Natural, Zica Assis, dá um show de lições,
e decidimos listar as sete que mais se destacam

Você já ouviu falar da empresária Zica Assis? Considerada um dos maiores exemplos do empreendedorismo no Brasil, a ex-empregada doméstica é exemplo de como empreender por uma causa própria e se arriscar por um sonho. Ela já contou sua história em diversas entrevistas, e nós decidimos listar o que podemos aprender com esta mulher incrível!

1- Pense em solucionar um problema

 

O seu negócio soluciona algum problema que você presencia todos os dias? A empresária Zica Assis só queria cuidar dos seus cabelos, deixá-los volumosos e bonitos, mas não encontrava o produto ideal e se via muitas vezes obrigada a alisá-los. Foi a partir daí que ela passou a buscar uma solução para seu problema, e ainda se deu conta de que o problema que enfrentava era comum a muitas outras mulheres.

Será que o problema que você busca solucionar não é comum a outras pessoas, também?

2- Teste em si mesmo

Antes de tentar vender ou até mesmo criar um produto, Zica Assis testou em si mesma muitas e muitas opções de produtos e receitas caseiras. As histórias de fracassos e tentativas da empresária são hoje contadas em meio a risos. Infelizmente, existem muitas pessoas que criam produtos, métodos, técnicas e serviços que nunca testaram e não podem garantir que realmente funcionam.

Por isso, é fundamental que o que você vende tenha sido realmente testado a aplicado em você ou pelo menos em outras pessoas.

3- Transforme seu produto em serviço

Além de ter desenvolvido um produto próprio, Zica Assis também desenvolveu uma técnica própria de como aplica-lo. Desta forma, em vez de se limitar a apenas vender o produto, a empresária criou um serviço: a aplicação dele só pode ser realizada nos salões de beleza da franquia. Muitas vezes, quando desenvolvemos um produto físico, precisamos encarar a entrega dele como um serviço mais completo do que apenas a venda dele.

Se não for o caso de algo exclusivo, é possível encarar o processo de venda como um serviço que considera muito mais do que apenas a entrega de algo físico. É isso que vai te fazer ter um posicionamento diferenciado!

4- Valorize suas raízes

Sempre que é entrevistada, Zica Assis fala da comunidade onde cresceu, do vínculo que mantém com sua mãe, e da importância de ter saído de onde saiu para aparecer na capa da revista Forbes, por exemplo. Após ter sua foto estampada em uma das principais revistas de negócios do mundo, Zica voltou sua memória para a comunidade do Catrambi, onde cresceu, e reforçou a ideia de que uma mulher pode ir para a Forbes sem deixar de ser da periferia.

Muitos empreendedores esquecem-se de suas origens e acabam perdendo seu verdadeiro propósito ou deixam de lado o que os faz únicos. Não é preciso ter nascido em uma comunidade específica para isso: basta questionar-se sobre o que te faz ser quem você é, e qual a sua base para a qual se voltar quando precisar lembrar quem você é.

5- Zica Assis diz: Adapte-se sempre

Logo após criar o salão Beleza Natural, Zica Assis desenvolveu um padrão de salões com cerca de 1500 m² cada um. A ideia deu certo por um tempo, mas depois os custos começaram a demandar salões menores.

A empresária passou a adaptar o modelo de negócios a salões menores, aumentando até mesmo o número de lojas e, consequentemente, de alunos. Muitas vezes, adaptar-se à realidade pode trazer vantagens que antes não foram vistas!

6- Não pare nunca! (sempre feliz, nunca satisfeita)

Quem pensa que a empresária está feliz com o lugar onde chegou e não quer ir além, engana-se completamente! Há anos, ela e Leila Velez, sua sócia, falam em ir para o mercado internacional, e em 2018 isso está prestes a acontecer.

Quando uma empresa para de crescer, ela começa a diminuir, e a ação das empresárias é curiosa: diante da desaceleração da economia no Brasil, elas aceleraram a abertura de uma unidade em Nova York, para justamente vencer o problema. Muitas empresas fariam o contrário e paralisariam suas ações. O segredo é este: esteja sempre feliz com o lugar onde chegou, mas busque sempre mais!

7- Peça ajuda!

Ao conhecer a história de Zica Assis, vemos que ela nunca esteve sozinha. Teve a ajuda do marido, que chegou a vender um carro para investir no negócio, uniu-se à sócia Leila Velez, e até hoje conta com parceria com a Endeavor. Mais do que estar conectada a pessoas e instituições que ajudam, Zica nunca teve receio de pedir ajuda. Muitos empreendedores acabam achando que são super-heróis capazes de fazer tudo, quando na verdade precisam ser mais humildes e aceitar que há quem queira – e possa – ajuda-los.

Em vez de se fechar, abra-se para receber ajuda da sua rede de contatos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.