Todo mundo só quer sair na Globo, mas…

A Globo é o sonho de 10 entre 10 pessoas que querem estar na mídia (apesar de alguns acharem que ninguém mais assiste TV). Mas o que garante que sair lá vai te trazer resultado? E quem disse que veículos menores não podem ser muito eficientes em conversão? Hoje eu falo sobre esse paradigma e digo mais: pra você ter sucesso na mídia, tem que tratar TODOS OS VEÍCULOS COM A MESMA ATENÇÃO! Entenda porquê e pare de fazer diferença!

 

 

É lógico que todo mundo quer estar na Rede Globo! Afinal, ela não é unanimidade mas tem muita credibilidade e audiência.

Todo mundo que começa um trabalho de assessoria de imprensa quer estar na Globo, acreditando que assim que aparecer em um programa da Globo vai resolver todos os problemas e ficar famoso!

Mas não é assim que funciona.

 

E tem um outro problema, também:

Muitas pessoas que sonham em ir para um grande veículo acabam menosprezando veículos menores.

 

Acabe com o paradigma de que sair na Globo te faz famoso e sair em um jornal pequeno não atinge ninguém.

 

Eu já vivi, durante todos os meus anos de carreira, a seguinte situação: o cliente vai a um grande programa de TV e tem uma experiência muito interessante, mas quando ele sai em um site específico, ele conquista uma conversão muito maior em vendas.

 

É lógico que precisamos mirar na grande mídia, mas quem tem esse sonho muito grande de sair em uma grande emissora de TV, como a Globo, acaba menosprezando os resultados menores, achando que eles não são muito potentes. Isso não é verdade!

 

Murilo Gun no Programa do Jô - Rede Globo

Você precisa dar atenção a todos os veículos por igual!

Algumas pessoas fazem juízo de valor conforme o tamanho do veículo, atendendo melhor uns que outros. No entanto, tratar diferente o jornalista de acordo com o veículo é tratar pessoas de formas diferentes.

 

E tem mais:

O jornalista do veículo pequeno hoje pode estar amanhã em um grande veículo. Mas se você o tratou mal, ele não vai contar com você. Existe uma grande rotatividade de jornalistas nas redações, e não é legal ser barrado em um lugar porque a sua história depõe contra você.

 

Não dá pra trabalhar só os veículos grandes: é preciso ter tempo para os veículos menores, porque eles são importantes para a presença na mídia.